Segurança

PM prende último envolvido em ação que baleou GCM em SP

A polícia prendeu o homem que teria participado da ação que terminou com um agente da GCM (Guarda Civil Metropolitana) baleado e manteve de refém uma mulher que estava trabalhando na tarde desta terça-feira (1º), na região do Parque do Ibirapuera (zona sul de São Paulo).

RecordTV transmitiu o momento que o homem se rendeu e os policiais militares do Gate (Grupo de Ações Táticas Especiais) chegaram para fazer a detenção. Ele teria sido o último envolvido na ação preso.

Além dele, outros dois homens que estavam armados de fuzis e um quarto homem, que estava desarmado e ainda está sendo investigado se teve participação no crime, foram detidos.

 

Segundo a PM, o homem estava fortemente armado mantendo de refém uma mulher que estava trabalhando na casa. Ele teria ficado com ela em um dos cômodos da residência, enquanto negociava com a equipe do Gate. Na negociação, o detido teria pedido a presença da imprensa para se entregar.

O caso foi encaminhado para o Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais), da Polícia Civil. Os policiais devem investigar quais crimes a quadrilha pretendia praticar.

Mais em Segurança


Receba nossa Newsletter. Deixe seu nome e e-mail!